20
Sep
Relatos de Viagem
Reportagem do mês

Destino: S. Miguel Açores

Dias: 4

  S.Miguel

Há algo de mágico na Ilha de S.Miguel. Um certo encanto que nos fascina - As paisagens magníficas parecem transportar-nos para outra dimensão, para um mundo onde a força da natureza ainda impera e tem voz.. Uma voz que todos parecem ouvir e respeitar...

Ficam os talvez.. as incertezas de quem não consegue expressar por palavras aquilo que sentiu e presenciou.

 Dia 1 - Ponta Delgada - Pópulo - Vila Franca do Campo - Lugar da Praia

  •  
  • Marina de Ponta Delgada
  • Vista Ponta Delgada

Chegámos num dia cinzento. 4 amigos. Ponta Delgada.
No aeroporto já nos esperava a moça da Micauto, a empresa onde alugámos o carro. Dá-se então o  primeiro contacto com a pronúncia micaelense - que mais tarde vim a saber que o (U) tão característico se deve (talvez, sempre o talvez) a influências vindas do continente (nomeadamente do alentejo e algarve) e não da França como se pensava. Imprecisões á parte, o que é certo é que este dialecto é de uma genuídade maravilhosa. Desperta sorrisos, por inicialmente causar alguma estranheza, mas depressa o ouvido se habitua e segue ao ritmo da música. É bom sentir, que mesmo fazendo parte de um todo, a individualidade e as características de determinado local ainda se mantém : essência, genuídade, raízes, identificação.

Enquanto isto, a chuva, miudinha, insiste em marcar presença. Estamos em pleno mês de Julho, e o céu cinzento misturado com a chuva, e a própria arquitectura da cidade, cujos edificios são maioritariamente constrúidos por matérias vulcânicas - escuras, claro está- não ajuda na percepção de um cenário verdadeiramente veraneante.

Ainda deu para aproveitar meio-dia para visitar os arredores.
Pela avenida principal, destaque para a marina e o mais recente empreendimento As Portas do Mar: Toda a zona da antiga marina foi requalificada e transformada num terminal de cruzeiros e uma zona moderna onde imperam as galerias comerciais, restaurantes, bares.
Também conta com uma piscina e um anfiteatro onde se realizam os mais variados eventos culturais.

Nos arredores de Ponta Delgada, visitámos ainda a praia do Pópulo e seguimos rumo a Vila Franca do Campo.
Pausa e paragem para uma visita à marina. De regresso a Ponta Delgada..Uma curva apertada, um placa - Lugar da Praia - um recanto?! - Vamos lá? pensamos.
Foi uma boa surpresa: Um pequeno paraíso, praticamente desconhecido, onde a paz e a tranquilidade marcam presença assídua. Localizada entre duas ravinas que ladeiam a ribeira (Ribeira da Praia) que escoa água que vem da Lagoa do Fogo. Foi designado como "Lugar Classificado" devido ao estado de conservação do seu núcleo urbano.
Vale a pena uma visita.

  • Lugar da Praia
  • Lugar da Praia
  • Marina de Vila Franca do Campo
  • Marina de Vila Franca do Campo
  • Praia do Pópulo

Dia 2: Lagoa das 7 cidades - Lagoas empadadas - Lagoa do Canário - Mosteiros - Rabo de Peixe  - Ribeira grande - Caldeira Velha - Lagoa do Fogo

  • Lagoas Empadadas
  • Lagoa Rasa
  • Lagoa do Canário

Saímos, cedo, rumo ao miradouro da Vista do Rei para ver a Lagoa das 7 cidades - Paragem no caminho para ver as outras lagoas, que fazem igualmente parte deste complexo: Empadadas, Rasa, Santiago e Canário.
Continuamos até à vista do rei, descendo até às lagoas.
Viramos em direcção aos Mosteiros. Viramos até à Ferraria. Continuamos até aos Mosteiros (zona balnear com praia e piscinas naturais), e aproveitamos para almoçar nesta localidade, no restaurante Gazcidla.


Seguimos até Rabo de Peixe, com posterior paragem na praia da Ribeira Grande.
Seguimos em direcção à Lagoa do Fogo, com paragem para tomar um banho nas águas termais da Caldeira Velha.
Regresso a Ponta Delgada.

  • Mosteiros
  • Porto de Rabo de Peixe
  • Lagoa do Fogo

Dia 3 - Povoação  - Faial da Terra -Nordeste - Ribeira Grande - Ponta Delgada

  • Povoação
  • Nordeste

Este dia foi reservado para conhecer a zona norte e nordeste da ilha.

Seguimos em direcção à vila da Povoação, conhecida como o "Celeiro da Ilha" devido à sua importância agrícola (zona de grande produção de cereais e batata)

Toda esta parte da ilha é conhecida pela beleza da sua paisagem, exemplo disso é a pequena aldeia de Faial da Terra, o "Presépio da Ilha", como é carinhosamente apelidada pelos açorianos. Uma pequena povoação com cerca de 300 habitantes, situada num vale entre 2 montanhas..  um pequeno paraíso perdido que é de visita obrigatória.

Subimos até à vila do Nordeste, e fizemos todo o recortado da costa até à Ribeira Grande. Paragem na Maia, para conhecer (e provar ;)) os chás da Fábrica de Chá Gorreana, que ainda mantém a sua actividade ininterruptamente, desde 1883.

Regresso a Ponta Delgada.

  • Faial da Terra
  • piscina natural- Nordeste
  • Povoação

Dia 4 - Furnas  - Lagoa das Furnas (Miradouro do Pico do Ferro) - Parque Terra Nostra - Salto do Cavalo (miradouro) - Ribeira Quente (praia)

O último dia foi reservado para conhecer as famosas fumarolas das furnas e provar o tão afamado cozido.

Subimos até ao Miradouro do Pico do Ferro, de onde se tem uma belíssima panorâmica sob a Lagoa das Furnas e toda a área montanhosa circundante.

Não poderíamos deixar de visitar as fumarolas situadas nas margens da lagoa, de onde supostamente saíria o nosso almoço ;)

Fizemos ainda um pequeno desvio para visitar o Miradouro do Salto do Cavalo, que tem uma vista fabulosa para o Vale das Furnas e para a vila da Povoação.

A tarde foi reservada para banhos. Começamos  na piscina de águas férreas do Parque Terra Nostra, um jardim botânico lindíssimo que ainda conserva árvores centenárias, muitas delas em vias de extinção.

Rumámos até à freguesia da Ribeira Quente, uma bonita vila piscatória, com destino à Praia do Fogo, conhecida pelas suas águas tépidas (devido à existência de nascentes hidrotermais submarinas).

Regresso a Ponta Delgada.

 

  • Panorâmica da Lagoa do Fogo no Miradouro do Pico do Cavalo
  • Geisers/Fumarolas das Furnas

  • Vista sob o Miradouro do Salto do Cavalo
  • Piscina de águas férreas - Parque Terra Nostra
  • Praia do Fogo - Ribeira Quente

Como ir : 

Há inúmeros programas turísticos dos operadores e agências de viagens. ver aqui

ou

Pode comprar voo através da Tap

Gastronomia:

Bife Regional, Polvo guisado ou assado, Arroz de Lapas, Morcela com Ananás, Cozido das Furnas.

Mariscos: Lapas, Cracas, Cavacos e Caranguejos.

Doçaria: Massa Sovada, Bolos Lêvedos, Queijadas de Vila Franca, Fofas da Povoação.

Bebidas: Vinho de Cheiro (ou morangueiro), Licor de Ananás e Maracujá, Chá Gorreana.


Restauração:

Ponta Delgada:

Adega Tradicional

Restaurante Aliança

Restaurante O Alçides

Mercado do Peixe

Mosteiros:

Restaurante Gazcidla

Ribeira Grande:

Restaurante O Silva

Restaurante O Alabote

Rabo de Peixe:

Restaurante da Associação Agrícola de S.Miguel

Furnas:

Restaurante O Miroma


Onde ficar:

Ponta Delgada:

Hotel Vip Azores

Hotel Avenida

Residencial Alcides

Lince Azores Great Hotel

Hotel Apartamentos Gaivota

Rent a Car:

Micauto

Ilha Verde


Actualizado em Terça, 20 Setembro 2011 21:49
 

U
m homem precisa viajar! Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser.Amyr Klink





Sabia que

Air Europa verão

A companhia AirEuropa, pertencente ao grupo Globalia, já anunciou as suas rotas...

Continuar...

SleepBox no aeroporto de...

SleepBox, a cabine para dormir, já está disponível no aeroporto de Moscovo A...

Continuar...

Mundo Abreu 2015

 Mundo Abreu - Feira de viagens 2015 A feira de viagens da agência...

Continuar...

Vídeo em Destaque

Aldeia de Chong Khneas - Cambodja

O Mundo em Destaque

»Unicef Portugal

siria

UNICEF lança apelo urgente para as crinças Sírias

ler»»

»» Siga-nos